9. - MASUMBA

Ono usumba ntoto nani?
Befu bonso Nzambi imueka ituvanga.

Quem comprou esta terra?
Todos nós fomos feitos pelo mesmo Deus.

O mundo é de todos e todos têm direito à vida.

10. - KUMBUKUTU

Kumbukutu:
Uiakana mabete manvula.

Kumbukutu:
A casa quando não tem tecto molha-se.

Ou

Kumbukutu:
Lukunza kuakuaka bete lunvula.

Kumbukutu:
Quando faltam as lukunza (folhas da palmeira-bambu que formam a casa, o telhado da casa) chove dentro.
O povo com bom chefe é como telhado bem coberto: está sempre defendido.



Fig. C27 - Mbengie-Ivioka (do Ngoio)


Fig. C28 - Makaia Makonde-Konde (do Nogoio)


B - Os ZINDUNGA do KINZÁZI

KINZÁZI é uma aldeia, ainda dentro das terras do Reino de N'Goyo, que fica quase na incidência das fronteiras Leste e Sul da actual República do Zaire.


KI-NZAZI - A (terra) do Raio.

1. - KIZI (Tchizi)

Nguli Zindunga

A Mãe dos Zindunga.


2. - MABOBOLO

(Cf. em Zindunga do Kizu)


3. - BEMBELE

Bembele muana

Menino obediente, dócil.

(Corresponde ao BENVO LUMUANA dos do Kizu).


4. - IILU

(Muna) IILU:
Bakanga nsunga (vo nunga) ko.

No nariz:
Não se atam (ou amarram) cordões-feitiço (ou braceletes) - Cada coisa é para o que é.

Na pintura da máscara pode notar-se uma espécie de anel, na parte superior do nariz, já junto aos olhos.


5. - VUKILI

VukiIi munu
Ao que faltam os dentes (com que aspecto se apresenta e como pode comer?),

6 - NKANKA (espécie de esquilo)

Nkanka unoka mvula:
Ilianzi inanu.

O Nkanka que apanha chuva:
É que tem o ninho (buraco) longe (e ele não costuma arriscar-se a tal, está sempre, perto da toca).
Se se tem família, está-se guardado e defendido.

7. - TENDEKELE

(Cf. nos Zindunga do Kizu e do Ngoio).


8. - IENDE

IENDE (umona) lubuázi:
Va mbulu nkuékeze.

Vai apontar (ver) a lepra:
Na testa da tua sogra.

Para que apontar o que toda a gente vê, lançar aos quatro ventos, falando, o que está à vista de toda a gente?
Que se ganha em lembrar coisas tristes? A máscara mostra uma mancha na testa.


9. - NSUNGU

Nsungu:
Mi sungameze kuami.

(Como o ) Nsungu:
Estou presente (estou vivo a tomar posse do que é meu). Também tenho o meu valor.

O Nsungu é um caurim. Serviu, em tempos, de moeda. Aparece a representação de um Nsungu na testa da máscara.


10. - MABUAKA

MABUAKA makuba ilimbu

O MABUAKA é o porta-bandeira.

É o que sai à frente dos outros a anunciar a vinda dos colegas. É o homem - Ndunga - que se antecipa a todos e leva tudo quanto apanha.


(É o da máscara mais escura).